A espiritualidade na recuperação do dependente químico

Home » Blog » A espiritualidade na recuperação do dependente químico

O que é a espiritualidade?

É a propensão humana para encontrar um significado para a vida através de conceitos que transcendem o tangível, um sentido de conexão com algo maior que a si próprio.

É aquilo que dá sentido à vida, e é um conceito mais amplo que religião.

Espiritualidade e um sentimento pessoal que estimula um interesse pelos outros e por si, um sentido de significado da vida capaz de fazer suportar sentimentos debilitantes de culpa, raiva e ansiedade.

Conforme alguns estudiosos, espiritualidade é um fenômeno apenas individual, identificado com aspectos como transcendência pessoal, sensibilidade “extra consciente” e fonte de sentidos para eventos na vida.

Nos dias atuais, o consumo de drogas tem se expandido de maneira devastadora, bem como tem estimulado organizações do mundo inteiro para examinar e debater a questão.

A preocupação e sofrimento com o consumo excessivo da dependência química de drogas é devido ao estrago irremediável que elas provocam, auxiliando para a ascensão das despesas na área da saúde, para o crescimento dos indicadores de acidentes de trânsito, de violência urbana, de mortes prematuras e até então para o caimento do rendimento dos trabalhadores.

O presente artigo tem como propósito pesquisar qual a influência da espiritualidade na recuperação de dependentes químicos em abstinência, também temos a finalidade de compreender quais são as os fatores mais importantes e significativos na recuperação, verificar se há influência favorável na recuperação dos dependentes químicos e quais os fatores que são apontados como favoráveis e a importância da espiritualidade para a saúde mental.

Fica perceptível a necessidade dos especialistas e médicos, ou de modo geral, todos os envolvidos na área da saúde que trabalham com dependente químico inserir nas suas abordagens terapêuticas a B do paciente.

Não só como auxiliar ao tratamento, porém como sendo imprescindível para o bem-estar do ser humano com todos os seus problemas e suas tamanhas dimensões.

Algumas propostas de espiritualidade que podemos usar para impulsionar o dependente químico na sua recuperação:

  • Normas e condutas definidas e postura contra o uso de drogas;
  • Famílias propensas a não dar exemplo ao uso de drogas;
  • Suporte social;
  • Círculo de amigos não usuários;
  • Vincular-se a um grupo compreensível e acolhedor;
  • Fé e crença em um poder superior;
  • Oração (independente de religião) com entusiasmo como fonte de prazer;
  • Amor próprio;
  • Honestidade; tranquilidade;
  • Destemor

Espiritualidade

A Influência da Espiritualidade

Através de muitos estudos que analisam a influência da espiritualidade na saúde, inúmeros se referem à religião (seja qualquer uma delas) como motivo protetor ao uso de drogas e ao mais baixo índice de recaídas em populações dependentes que utiliza a espiritualidade como uma ferramenta para poder enfrentar as situações mais complexas (como a fissura por exemplo).

No entanto, a maioria desses ensinamentos e aprendizados, é bastante escasso os que avaliam a magnitude e o significado que os dependentes químicos dão a espiritualidade.

A importância da prática da religião e da fé, bem como o progresso da espiritualidade (não necessariamente religiosa, mas relacionada à prática de princípios e experiências globais) na organização adequada da saúde, em diversos níveis, vem sendo estudada e reconhecida por muitos meios.

Entre outros muitos estudos que qualificam a intervenção da espiritualidade na saúde, vários consideram como sendo o ponto imprescindível, como sendo defensor ao uso de drogas e ao mais baixo índice de reincidência em populações que usam a espiritualidade como método de enfrentamento das circunstâncias dificultosas (como a fissuração por exemplo).

Numerosos usuários em reabilitação reconhecem que na sua recuperação e manutenção da abstinência atribuem a espiritualidade.

A oração é o cerimonial mais aproveitado pelos dependentes em recuperação para enfrentar a fissura e os sintomas de abstinência.

As pessoas procuram a religião e aplicam a espiritualidade num estágio mais debilitado e de maior ligação com álcool e outras drogas.

Por esse momento, temos que avaliar a relação com problemas familiares e a primordial idade de internação e internação psiquiátrica.

Um provável comportamento e papel de espiritualidade está na recuperação do dependente químico e no domínio da recaída, demonstrando o crescimento do otimismo e confiança, aumentando o entendimento da estrutura social e possibilitando maior resiliência ao estresse e a diminuição dos níveis de ansiedade.

Esses significam tópicos responsáveis pela conquista de programas que explanam a espiritualidade no tratamento contra as drogas.

Psicologia e a Espiritualidade

Possivelmente o tratamento psicológico e psiquiátrico não seja um fator considerável porque na maioria das vezes estes profissionais da área não prestam um atendimento que vê o paciente como um todo, único e integral, com necessidades e particularidades independentes da disfunção apresentada.

O dependente químico necessita ser tratado como pessoa completa, precisa de amor, carinho, afeto, ele é um ser humano, mesmo que tenha errado e continue errando, precisamos estender a nossa mão para eles.

Talvez os profissionais da área pudessem interagir e aprender mais sobre o que é espiritualidade.

O dependente químico necessita de atenção e precaução, a sociedade é preconceituosa e discrimina estes seres humanos que precisam de apoio.

O dependente químico não é delinquente e criminoso, a dependência química é uma doença, eles não estão ali porque querem, eles estão ali porque são viciados, se eles controlassem a doença e pudessem trilhar um outro caminho, criar uma outra forma de vida, com certeza eles estariam em outro lugar e não ali.

Comentários

Comentários

2017-12-07T12:55:49+00:00
%d blogueiros gostam disto: